INUNDAÇÕES EM MOÇAMBIQUE

Maputo (Agência Fides) – Após as fortes chuvas que estão inundando a parte sul de Moçambique, onde dez anos atrás, centenas de pessoas morreram, as autoridades locais planejaram a evacuação de 50 mil pessoas. Desde o início da estação das chuvas, no mês de outubro passado, cerca de 50 pessoas morreram e oito dos principais rios do país superaram o limite de alerta. O país sul-africano está enfrentando uma das piores inundações depois das últimas mais graves no ano 2000, que afetaram milhões de pessoas e causaram a morte de cerca de 800 pessoas. As chuvas continuam caindo ao longo da bacia do Rio Limpopo, na província sul de Gaza, onde vivem as comunidades mais vulneráveis. A água encheu os rios de países vizinhos e as autoridades locais abriram as comportas de duas represas para reduzir o risco de níveis elevados.
Na zona costeira de Moçambique convergem nove bacias fluviais internacionais que a tornam particularmente vulnerável a inundações. Embora a chuva tenha parado, na maioria das áreas, o risco de enchentes continua elevado por causa das águas que continuam chegando do interior. (AP) (30/1/2013 Agência Fides)

Advertisements

About epjp.osm

Segretariato generale OSM
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s